Manifestação da colega Maria Ceci Misoczky na reunião do CONSUN de 6 de abril.

Bom dia a todas e todos,

Vivemos dias históricos, com ameaças graves à democracia. Sem desconsiderar este contexto, muito pelo contrário, faço uma breve intervenção sobre a democracia na UFRGS.

Estamos, mais uma vez, vivendo um momento de consulta à comunidade através dos processos de eleição de representes docentes e técnicos ao CONSUN e ao CEPE.

Temos convicção que o exercício do pluralismo, inerente ao fazer acadêmico, é crucial em uma conjuntura de ataques à instituição, de cortes orçamentários e ameaças de cerceamento à liberdade de ensino e pesquisa.

Esperávamos que este fosse um período para vivenciarmos aulas de democracia, debater ideias, propostas e compromissos, com respeito a todas as candidaturas.

Infelizmente, não tem sido assim.

Um exemplo foi a desagradável constatação do envio, realizado pela Adufrgs, de uma mensagem sem assinaturas que propunha o voto em “representantes que defendam os interesses dos(das) docentes da UFRGS mas que não usem as posições nos conselhos para favorecer interesses de pequenos grupos ou interesses partidários”. Na sequência, foram listadas 21 chapas para a eleição do CONSUN e 6 para a do CEPE, sem nenhuma menção aos cargos ocupados, às propostas ou compromissos assumidos por esses candidatos. A

Além disso, a insinuação apócrifa sobre as demais 11 chapas ao CONSUN e 4 ao CEPE foi um ato de desrespeito aos candidatos e aos eleitores. Aliás, até agora não ficou claro de quem foi a autoria desta ação: foi iniciativa das candidaturas e a Adufrgs foi o meio de divulgação? Foi iniciativa da diretoria da Adufrgs?

Da parte do nosso coletivo, que desde a eleição de 2016 identificamos como Representação Docente Autônoma, apresentamos nossas 9 chapas ao CONSUN e 3 chapas ao CEPE explicitando os fundamentos nos quais baseamos nossas ações e os princípios de ética, autonomia e transparência que nos orientam.

Ainda temos tempo, neste final de campanha, para que predomine a apresentação e o debate de ideias e compromissos, e que isto seja realizado com o máximo respeito entre nós e sem o recurso aos aparelhos institucionais aos quais algumas candidaturas estão diretamente vinculadas.

A defesa da democracia precisa ser feita no país e também na UFRGS.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close